segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Nome para mascote da Copa de 2014




















No processo criativo, a argumentação muitas vezes contribui para a aprovação da ideia. Entender o processo que levou o artista a chegar em determinado resultado ajuda a aceitá-lo. Mas no caso das sugestões de nomes para o mascote da Copa, não há argumentação que convença.

A FIFA colocou três opções em votação para nomear o tatu bola, animal escolhido para sr o mascote da copa de 2014:
Amijubi, Fuleco e Zuzeco.
Sofrível para um país tão rico em criatividade e que sempre se destacou internacionalmente no segmento publicitário.
Pior do que as opções são as defesas apresentadas para cada uma:

"Amijubi é a união das palavras "amizade" e "júbilo", duas características marcantes da personalidade do nosso mascote e que refletem a maneira de ser dos brasileiros. Além disso, esse nome tão original está ligado ao tupi guarani, em que a palavra "juba" quer dizer amarelo – a cor predominante no mascote!"

"Fuleco é a mistura das palavras "futebol" e "ecologia", dois componentes fundamentais da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. O nome do nosso mascote mostra como essas duas palavras combinam perfeitamente e ainda incentivam as pessoas a ter mais cuidado com o meio ambiente."

"Zuzeco foi formado dos elementos principais de "azul" e "ecologia". Azul é a cor dos mares da maravilhosa costa brasileira, dos rios que cruzam o país e do nosso lindo céu. E é também, claro, a cor da carapaça especial do mascote. Ele sabe que pertence a uma espécie vulnerável e por isso, também sabe o quanto é importante divulgar e incentivar a conscientização ecológica entre seus amigos do mundo inteiro."

Com relação ao nome Amijubi, é preciso lembrar que para se popularizar um nome é preciso que ele atinja todas as classes sociais, e o adjetivo "Júbilo" com certeza não faz parte do universo da maioria da população brasileira.

Já os nomes Fuleco e Zuzeco não tem boa sonoridade e lembram respectivamente os termos fuleiro e zoeira que não são muito apropriados para estar relacionado a um mascote de um evento como este.

Infelizmente com estas opções fica difícil decidir :(

O que você acha? Que nome escolhe? Comente

sexta-feira, 11 de maio de 2012

O que são Memes?

Os Memes estão cada vez mais presentes nas redes sociais. 
Mas o que são?
Tecnicamente os memes são conceitos, fotos, vídeos, celebridades que se popularizam rapidamente pela rede, ou seja um fato viral. Porém, popularmente falando, os memes são personagens engraçados que comentam fatos do cotidiano.
Veja o exemplo:

OS MEMES DA TOP ASIOLE
EXPLICAM CONCEITOS DE MARKETING



Gostou? Então curta aqui a Fan Page da Top Asiole e fique por dentro dos próximos Memes sobre Marketing e Publicidade que serão publicados.  

terça-feira, 8 de maio de 2012

Diga-me o que você compartilha que eu direi quem tu és!



Compartilhar virou palavra de ordem na web. A internet abriu as portas para uma nova modalidade de transmissão de informações: a de participante e não apenas espectador. Dentro desta temática, o compartilhamento representa a síntese da capacidade de participar de um conteúdo, pois a cada compartilhamento, acrescenta-se a opinião do disseminador.  

E você está preparado para compartilhar globalmente o seu conhecimento? (Gestão do Conhecimento)

Muitas pessoas / empresas têm medo de compartilhar o conhecimento por achar que suas ideias serão copiadas / roubadas. Outras acham que compartilhar significa dar algo e perder a posse sobre ele.

O motivo deste sentimento de perda é proveniente da nossa própria educação e começa lá na infância. É raro ensinarmos a uma criança que um brinquedo apenas está em sua custódia para ser usado durante tempo que necessitar. Não é necessário que ela renuncie ao brinquedo, somente temos que ensiná-la a renunciar ao seu desejo de possuí-lo eternamente.

Assim também deve ser no âmbito empresarial, onde, no fim das contas, não detemos o poder pleno sobre nenhum conhecimento, pois mesmo quando transformamos nosso conhecimento em produto e  o patenteamos, não impedimos outra pessoa, ou empresa de acrescentar melhorias e novas tecnologias na criação de um produto melhor que o seu.  

Talvez, se compreendermos o princípio de “compartilhar” possamos dar uma nova dimensão a essa visão. Um dos significados do termo compartilhar é o de participar, utilizar, experimentar ou desfrutar com os outros. Sem nenhuma implicação particular de propriedade, ou posse, simplesmente uso mútuo.

Quando compartilhamos nossos conhecimentos sem o propósito de posse, ampliamos nossos horizontes, gerando automaticamente novas relações e estas possivelmente promoverão novas oportunidades.

Saber é poder. Compartilhar o saber é potencializar o poder!

Diante disto, qual será sua próxima atitude? C O M P A R T I L H E......

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Significado de formas geométricas complexas

Conhecer o significado de cada forma geométrica é uma tarefa que pode facilitar o trabalho de quem precisa desenvolver logotipos, por isso, esse assunto já foi tema de outras postagens aqui no Entreclics onde abordamos o significado do quadrado e do círculo, além de outras formas geométricas básicas.
Para complementarmos este assunto abordaremos agora outros símbolos mais complexos:

Espiral:
É o símbolo por excelência da vida em movimento. Basta observar o movimento da água quando está sendo sugada por um ralo, por exemplo.




Cruz:
Representa a presença do homem. Milhares de anos antes de Cristo, as pessoas já costumavam assinar com uma cruz.





Círculos Concêntricos:
Passam a ideia de hierarquia de forças, quanto mais distante do centro, mais fraco.





Hexagrama: 
Essa figura composta por triângulos equiláteros que se interpenetram, simboliza a fusão dos princípios opostos: masculino e feminino, quente e frio, água e fogo, terra e ar, etc.


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Análise do comercial da Vivo

Em nossas análises de comerciais feitas aqui no Entreclics, já identificamos que  algumas mensagens podem dar  margem à dupla interpretação
Muitas vezes esta dupla interpretação não é intencional mas algumas campanhas fazem uso de mensagens subjetivas de forma proposital para alcançar maior proximidade com o espectador sem que ele perceba. (Para entender melhor o que que são mensagens subjetivas leia o post já publicado aqui.)
Estas mensagens nem sempre aparecem sob a forma verbal ou de texto. Um exemplo recente deste artifício pode ser verificado no comercial da Vivo sobre a promoção "Vivo Sempre", onde o avô fala ao celular com seus netos.
Assista ao comercial e tente descobrir onde está a mensagem subjetiva.





Nem todas as pessoas percebem que nas duas primeiras cenas há sempre um elemento que liga o avô ao neto  com o qual ele está conversando: O avião de brinquedo e o sorvete. Porém, quando ele está falando com a neta, o cenário todo é muito parecido dando a impressão de que ele e a neta estão no mesmo ambiente. Isso aumenta o poder de persuasão do comercial que procura passar a ideia de que com a promoção "Sempre Vivo" a ligação é tão barata que se pode até ficar falando a toa, pois se ambos estão no mesmo ambiente, não há a necessidade de usar o celular.  Este recurso serve de reforço para o diálogo sem compromisso desenvolvido entre os dois.
E você consegue perceber algum outro elemento subjetivo? Comente


sábado, 18 de fevereiro de 2012

Ação de MKT do governo do ESP p/ o carnaval

A campamha publicitária de prevenção de acidentes nas estradas realizada pelo governo do Estado de São Paulo para o carnaval teve como tema o "Zé Trombada", personagem que representa o indivíduo negligente que faz imprudências no trânsito.
Para reforçar a campanha, foi realizada uma ação de marketing nos pedágios das estradas do estado com a distribuição de máscaras de carnaval com o rosto do "Zé Trombada".
No verso da máscara foi impresso o conteúdo da campanha através do seguinte texto:

 Esse aí é o Zé Trombada, um cara que vive dando mancada.
Enche a cara com a rapaziada e, depois de tomar todas, ele pega a estrada.
Esse Zé Trombada não vale nada.

 Das 20 melhores estradas do Brasil, 19 ficam em São Paulo. O Governo do Estado de São Paulo faz a parte dele, mas ainda tem muita gente sem noção que não colabora. É de matar. Você, que é gente boa, já sabe: se beber, não dirija e respeite os limites de velocidade.

 Neste carnaval, não banque o Zé Trombada. Na estrada, nada de mancada.

 Se analisarmos a ação de marketing em relação ao conteúdo, verificamos uma contradição. Ao distribuir máscaras com o rosto do Zé Trombada na verdade o incentivo é o inverso do que se espera. Uma máscara pode ser interpretada como um instrumento para esconder uma verdadeira realidade. Quem usa uma máscara, pode inconscientemente estar camuflando um comportamento.
 Assim, o que podemos interpretar com esta ação?
Ao distribuir a máscara do Zé Trombada não estaremos incentivando as pessoas a assumirem
o seu comportamento imprudente e negligente no trânsito?
Qual sua opinião a respeito? Comente

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Analise de comerciais - Wizard 2012

Temos que reconhecer que agora a Wizard acertou no comercial. 
Já analisamos aqui comerciais da Wizard que davam dupla interpretação em sua mensagem, mas esta nova campanha (2012) conseguiu apresentar adequadamente a mensagem proposta. A caneta wizpen serviu de coadjuvante no enredo e não protagonista como acontecia na campanha anterior. Neste caso, o que se vende é o serviço prestado e não a caneta, exclusivamente.
Qual sua opinião a respeito? Comente


domingo, 29 de janeiro de 2012

Análise de comerciais - Itau

A nova campanha do Itau sobre sustentabilidade tem sido motivo de muitos comentários. Nós aqui no Entreclics não poderíamos deixar este assunto passar em branco.
Temos que dar os parabéns. Só não sabemos bem a quem.
Se deve ser para a equipe de criação que teve um senso de oportunismo aliando uma ideia criativa à um vídeo já existente na internet; ou se deve ser para a equipe de produção que conseguiu extrair toda a graça e desenvoltura do bebê.
Acho que os parabéns devem ser mesmo é para o protagonista, pois este bebê deu um show de espontaneidade fazendo com que o comercial ficasse simpático e gostoso de assistir :)
Foi muito feliz a utilização do bebê e principalmente explorando sua felicidade, afinal é quase  universal a reação de sorrir para um bebê. 
Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Oxford descobriu o motivo desta reação.
É uma resposta instintiva que de nosso córtex medial orbito-frontal que nos faz sentir bem diante de um bebê. É como se fosse uma recompensa.
Também já foi comprovado que o riso é contagiante.
Os cientistas descobriram que isso ocorre devido a ação dos neurônios-espelho que estão ligados à nossa capacidade de compreender um sentimento, imitar gestos e entender seu significado. Imitando o riso de outra pessoa o cérebro desempenha um papel importante na interação social, já que essa "reflexão de risos" ajuda os indivíduos na construção de relações positivas fortalecendo os laços que já existem. 
Portanto, nada mais oportuno do que unir a figura de um bebê e provocar a reação de riso contagiante!